Como devo me vestir para ir à missa?

A forma como você se veste é uma maneira de mostrar quão importante é a pessoa com quem você se encontrará

 





A sociedade está se tornando cada vez mais "casual". Já vi pessoas irem à farmácia de pijama e chinelo de quarto. Já fui a concertos de música clássica nos quais havia pessoas de camiseta, jeans e chinelo. Inclusive os casamentos e funerais têm sido cada vez mais casuais.

Isso chega a ser incômodo, porque a forma como nos vestimos é sinal de quanto respeito temos
por nós mesmos e pelos outros. Se não nos vestimos bem por alguém ou por alguma coisa, é um sinal de que não os respeitamos.



Vestir-se bem é um pequeno sacrifício


Parecer elegantes requer um esforço. Usar um vestido bem passado, ou uma camisa social ao invés de uma camiseta, é algo que exige tempo. Fazer a barba implica um pouco de esforço, bem como arrumar o cabelo. São precisamente estes pequenos sacrifícios de tempo e esforço, no entanto, que mostram aos outros que são dignos aos nossos olhos.




Vista-se bem para ir à missa


Mesmo que você ache que não vale a pena se vestir bem para as atividades cotidianas, há um lugar e um momento em que realmente é preciso levar este tema a sério. Sempre. Estamos falando da santa missa.

Jesus, o Rei dos Reis, está na sua paróquia. Os anjos tremem diante dele, os demônios fogem dele. E Ele se faz presente no altar em cada missa. Você realmente quer estar com ele usando bermuda e  chinelo? Quer mesmo dizer a Jesus que não vale a pena vestir-se bem por Ele?

Como sociedade, temos dificuldade de entender isso. Temos um ponto de vista deformado sobre a igualdade, segundo o qual ninguém, independentemente de quem for, merece honra e respeito. Isso é
simplesmente um erro. São Paulo diz que é preciso honrar quem o merece; se há alguém que merece honra, esse alguém é Jesus Cristo.

Eu sei. Quase ninguém dá importância a isso. A missa na sua paróquia talvez não seja muito   reverente, mas isso não é desculpa.


O legalismo não é a resposta


Acho que todo mundo deveria se vestir bem na missa, mas não se trata de prescrever exatamente o que é preciso vestir. Não é minha tarefa recomendar uma camisa social ou um vestido, uma cor específica de calca ou certo tipo de sapatos. Mas sugiro três normas básicas:



1. O que você veste precisa exigir esforço



Quando você for decidir o que vestir para ir à missa, não procure somente o mais confortável ou cômodo; tente estar um pouco incômodo, se
preciso. Faça um esforço e um pequeno sacrifício para demonstrar seu amor e respeito.



2. O que você veste deveria estar acima do "casual"



Cada um mora em um lugar, e nossa cultura tem muito a ver com o que representa certa forma de se vestir. Mas, independentemente de onde vivamos, deveríamos ter "roupas de domingo", mais bonitas que as que usamos todos os dias. Se, para ir à missa, você veste a mesma roupa que veste para assistir à televisão, então tem problemas.



3. Faça isso por amor


O mais importante é que nossa motivação precisa estar no amor. No momento em que fazemos as coisas por outras razões, estamos perdendo o tempo.

Já vi muita gente dizer: "Mas Deus vê o coração, sabe que eu o amo, ainda que não me vista bem". Isso é um erro. O amor se manifesta externamente com atos de doação de si mesmo.

O amor não é só um sentimento, mas uma escolha de sacrificar-se ou sacrificar algo a que se dá valor, por outra pessoa. Vestir-se bem é um pequeno sacrifício; quanto menos vontade você tiver, mais valioso será seu sacrifício diante de Deus.

Ainda que lhe digam que não vale a pena vestir-se bem por nada, um autêntico católico não pensa
assim. Precisamos mostrar respeito a nós mesmos e aos outros, fazendo um esforço. Deus merece tal esforço, você não acha?




Comentários