Arquidiocese de Niterói expressa solidariedade com as vítimas das chuvas

Arquidiocese de Niterói expressa solidariedade com as vítimas dos deslizamentos de terra

Estima-se que Niterói seja a cidade mais afetada pelas chuvas que deixaram 100 mortos e 3 mil desabrigados.


.- Em comunicado divulgado recentemente, Dom Alano Pena, arcebispo de Niterói manifestou a sua solidariedade com as vítimas das chuvas em todo o estado e dos deslizamentos que causaram já uma centena de mortos nesta cidade. O município se encontra em estado de calamidade pública, decretado hoje devido aos estragos causados pelas enchentes. O comunicado da arquidiocese também é assinado pelo seu bispo auxiliar, Dom Roberto Francisco Ferrería Paz. Abaixo publicamos na íntegra a nota divulgada pela página da arquidiocese:

“A Arquidiocese de Niterói se solidariza com todos aqueles que foram atingidos, direta ou indiretamente, pelas chuvas que caíram nos últimos dias em toda a região da nossa Arquidiocese de Niterói e outras partes do Estado. Particularmente, todos nós, clero e fiéis leigos, abraçamos os que tiveram as suas casas danificadas ou mesmo derrubadas pelo temporal, ou que sofreram a perda de seus entes queridos.

Comunicamos que disponibilizamos as paróquias de São Lourenço (Ponto Cem Réis) e de Nossa Senhora Auxiliadora (Salesiano – Santa Rosa) como locais de recebimento de mantimentos e roupas para os desabrigados.

Desde já agradecemos àqueles que puderem colaborar neste momento de dor, ajudando também no soerguimento dessas pessoas e na reconstrução de suas moradias.

Deixamos a nossa bênção a todos, certos de que o próprio Cristo será o nosso amparo – Ele, nosso Salvador, nossa Esperança”.

Segundo o Jornal do Brasil, Niterói é até agora a localidade mais afetada pelas chuvas que assolam o Estado do Rio. De acordo com a prefeitura de Niterói, cerca de 3 mil pessoas estão desabrigadas. A chuva que cai sobre o Rio de Janeiro desde a segunda-feira deixou pelo menos 170 mortos e 150 feridos, alagou ruas, causou deslizamentos e destruição ao longo de todo o Estado. É o maior índice de chuvas registrado na cidade em mais de 40 anos.

Comentários