Notas antigas...


"Revendo antigos escritos meus, dei de cara com esta nota.. É antiga no tempo, mas será sempre atual no conteúdo. Continuo crendo nestas coisas... Aí vai:

O Fantástico, da Rede Globo, mostrou, no Domingo passado, uma pesquisa ampla para convencer que a Igreja não tem o apoio da Igreja. Explico-me: a Igreja oficial estaria sozinha na defesa de seus retrógrados princípios morais. A grande maioria dos católicos é a favor do aborto, dos preservativos, das relações pré-matrimoniais, da pesquisa com células-tronco embrionárias, do “casamento gay”. É a hierarquia que é quadrada e obscurantista. Eis o que a Globo quis passar.

Convém recordar que a verdade não é questão de maioria. Para os cristãos, a Verdade é Cristo e vive-se na Verdade quando se vive o Seu Evangelho. Ora, não é o Cristo que deve Se converter ao mundo, mas o mundo que se deve abrir ao Evangelho. Quando Jesus disse ser o Pão da vida, a grande maioria dos discípulos O abandonou. Mas, o Senhor não fez pesquisa de opinião para mudar Sua doutrina. Muito pelo contrário: “Vós também quereis ir embora?”

Além do mais, pensando nos "católicos" entrevistados pelo Fantástico, é bom ter claro que católico não é quem diz que é católico. Católico é aquele que, com humildade e esforço, procura deixar seu pensamento mundano para abraçar o pensamento de Cristo. Isto vale para todos nós, do Papa aos Bispos, dos sacerdotes ao último batizado! Um verdadeiro católico não é um satisfeito consigo mesmo e com suas ideias, mas alguém a caminho, num contínuo e fatigante processo de conversão.

O católico é aquele que se coloca no caminho do seguimento de Cristo, que vai à Missa aos domingos, que se esforça para viver o Evangelho, que se coloca a serviço dos irmãos por amor do Senhor e que crê que a Igreja é conduzida pelo Espírito do Cristo ressuscitado. O verdadeiro católico sente e sabe que a Igreja não é a hierarquia, mas a totalidade do Povo de Deus que crê no Senhor, ama-O, Nele espera e a Ele humildemente escuta na obediência da fé!

Certamente esses católicos não são da turma que o Fantástico entrevistou, católicos de certidão de batismo, de uma ou outra missa de sétimo dia e de formatura.

Porque a Igreja não é dona, mas serva da Verdade, porque não possui a Verdade, mas é por ela possuída, não voltará atrás por temor de pesquisas de opinião. Ela, nossa Mãe católica, somente deve ter medo de uma coisa: de ser infiel ao seu Senhor! Se a Globo – como a Veja, a IstoÉ, a Época e cia – pretendeu pressionar ou intimidar a Igreja, perdeu tempo, verbo e dinheiro."

- Exmo. @[310800808975581:274:Dom Henrique Soares da Costa]
O Fantástico, da Rede Globo, mostrou, uma pesquisa ampla para convencer que a Igreja não tem o apoio da Igreja. Explico-me: a Igreja oficial estaria sozinha na defesa de seus retrógrados princípios morais. A grande maioria dos católicos é a favor do aborto, dos preservativos, das relações pré-matrimoniais, da pesquisa com células-tronco embrionárias, do “casamento gay”. É a hierarquia que é quadrada e obscurantista. Eis o que a Globo quis passar.

Convém recordar que a verdade não é questão de maioria. Para os cristãos, a Verdade é Cristo e vive-se na Verdade quando se vive o Seu Evangelho. Ora, não é o Cristo que deve Se converter ao mundo, mas o mundo que se deve abrir ao Evangelho. Quando Jesus disse ser o Pão da vida, a grande maioria dos discípulos O abandonou. Mas, o
Senhor não fez pesquisa de opinião para mudar Sua doutrina. Muito pelo contrário: “Vós também quereis ir embora?”

Além do mais, pensando nos "católicos" entrevistados pelo Fantástico, é bom ter claro que católico não é quem diz que é católico. Católico é aquele que, com humildade e esforço, procura deixar seu pensamento mundano para abraçar o pensamento de Cristo. Isto vale para todos nós, do Papa aos Bispos, dos sacerdotes ao último batizado! Um verdadeiro católico não é um satisfeito consigo mesmo e com suas ideias, mas alguém a caminho, num contínuo e fatigante processo de conversão.

O católico é aquele que se coloca no caminho do seguimento de Cristo, que vai à Missa aos domingos, que se esforça para viver o Evangelho, que se coloca a serviço dos irmãos por amor do Senhor e que crê que a Igreja é conduzida pelo Espírito do Cristo ressuscitado. O verdadeiro católico sente e sabe que a Igreja não é a hierarquia, mas a totalidade do Povo de Deus que crê no Senhor, ama-O, Nele espera e a Ele humildemente escuta na obediência da fé!

Certamente esses católicos não são da turma que o Fantástico entrevistou, católicos de certidão de batismo, de uma ou outra missa de sétimo dia e de formatura.

Porque a Igreja não é dona, mas serva da Verdade, porque não possui a Verdade, mas é por ela possuída, não voltará atrás por temor de pesquisas de opinião. Ela, nossa Mãe católica, somente deve ter medo de uma coisa: de ser infiel ao seu Senhor! Se a Globo – como a Veja, a IstoÉ, a Época e cia – pretendeu pressionar ou intimidar a Igreja, perdeu tempo, verbo e dinheiro."
 

Comentários