Canção à Virgem de Fátima cantada por Elvis Presley traz história de conversão




 
 
Nossa Senhora de Fátima e o Rosário já foram cantados por um grande nome
da música internacional, Elvis Presley, na canção “The Miracle of the
Rosary”, a qual além da mensagem da Virgem Maria traz como pano de fundo uma história de conversão.



Embora tenha sido criado na Igreja
Evangélica Assembleia de Deus, Elvis Presley gravou “The Miracle of the
Rosary” em 15 de maio de 1971. Porém, não se trata de uma canção sua, e
sim de Lee Denson, amigo do rei do rock, que pertencia à Igreja
Batista, mas se converteu ao catolicismo após se casar com uma católica.



A família de Lee Denson ajudou os pais de Elvis quando estes se mudaram
da cidade de Tupelo para Memphis, em 1947. Lee foi o primeiro professor
de guitarra de Presley.



A história da canção “The Miracle of the Rosary” foi escrita em 1960,
quando Denson se aproximou do catolicismo. Sua esposa Mary era católica e
devota da Vigem. Todos os dias, rezava o terço, conforme a Mãe de Deus
havia pedido aos três pastorinhos na Cova da Iria.



Entretanto, devido avida corrida de músico profissional de seu marido,
começou a descuidar da fé.  Certo dia, o terço que uma amiga havia lhe
trazido de Fátima sumiu. Ela revirou a casa inteira, mas não o
encontrou.



Foi na noite de 13 de outubro de 1960 que, ao chegar em casa, encontrou o
terço no seu estojo, em cima de uma almofada na cama. Mary e seu marido
ficaram surpresos. Mais tarde, enquanto dormiam, acordaram de repente,
ela após sentir um suave toque nos lábios e ele por ter ouvido um som
parecido com um sino.



Na manhã seguinte, decidiram ir à Missa e revelaram, posteriormente, que ouviram o padre dizer que Nossa Senhora de Fátima todos os dias opera milagres na vida de cada um e que poucos lhe agradecem ou param para pensar no que lhes aconteceu.



Lee e sua esposa contaram que foram os únicos a ouvir essas palavras.
Perplexo, o músico não voltou a dormir bem, até que resolver compor uma
canção para Nossa Senhora de Fátima.



Pensando em um artista que pudesse gravá-la a fim de dar grande projeção
aos milagres de Fátima, logo lembrou-se de seu amigo Elvis Presley.
Mas, resolveu esperar até 1967, quando foram comemorados os 50 anos das
aparições da Virgem na Cova da Iria. Elvis, porém, não pôde gravar
naquele ano, o que veio a se concretizar em 1971.



Lee Denson abandonou a carreira artística para se dedicar à igreja, em
Memphis. Em uma ocasião, em 1978, cantou “The Miracle of the Rosary” na
Missa e, conforme relatos, a Igreja se encheu de perfume de rosas. Entre
os fiéis, estava o arcebispo panamenho Tomas Clavel, que considerou um
sinal “milagroso”.



Tempos depois, o Papa Paulo VI abençoou a canção “The Miracle of the
Rosary”. Nos anos 1980, Lee Denson a cantou no Santuário de Fátima e no
Carmelo de Coimbra, na presença da Irmã Lúcia, uma das videntes de
Fátima.






Confira a seguir a tradução desta música:



Oh, Mãe abençoada, nós rezamos a Vós

Obrigado pelo milagre de Vosso Rosário

Só Vós podeis segurar

a abençoada mão do Vosso Filho

por tempo bastante para que o mundo compreenda



Ave Maria, cheia de graça

O Senhor esteja convosco

Bendita sois vós entre as mulheres

E bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus

Oh, Santa Maria, querida Mãe de Deus

Por favor, rogai por nós, pecadores

Agora e na hora de nossa morte



E agradeço mais uma vez

Pelo milagre de Vosso Rosário







Fonte: ACI

Comentários